Search
  • Pousada Jardim Secreto

De Gramado a São Francisco de Paula: um final de semana de charme.


“Uma escapada encantadora no Rio Grande do Sul; de Gramado a São Francisco de Paula: um final de semana de muito charme e conforto!”

O post abaixo foi enviado por um de nossos leitores e achamos que vale a pena compartilhar! Ele não quis se identificar, então qualquer dúvida sobre esse passeio vocês podem enviar diretamente para nós que faremos o meio de campo

Tudo começou despretensiosamente quando, desta vez, queríamos fazer um passeio diferente em Gramado. Nós apreciamos muitos passeios ao ar livre, podendo conviver com a natureza, vendo paisagens diferentes e tentando fazer alguma foto única.

Gramado, e principalmente Canela possuem diversos pontos turísticos com esse perfil. Já estivemos no EcoParque Sperry fazendo suas trilhas e visitando suas cachoeiras e logo após almoçamos no excelente restaurante “BergaMóta” (nome dado no sul para a popular mexerica). Pouco antes do almoço podemos fazer algumas tentativas de slackline no local (sem custo). Após alguns tombos e muitas gargalhadas, resolvemos conhecer as delícias do local, que possui um buffet de saladas muito interessante e comidas feitas no fogão a lenha, que lembram muito a comida da nonna: como os italianos chamam suas avós.

Além do Sperry, já havíamos visitado o Parque do Caracol e Parque da Ferradura, passeios imperdíveis para quem visita a região.

Nosso plano inicial era:

  • Chegada em Gramado na Sexta a tarde;

  • Jantar em Gramado;

  • Hospedagem na Pousada Jardim Secreto;

  • Sair cedo no sábado para visitar o Canyon do Itaimbezinho, que fica no Parque dos aparados da serra;

  • Almoço no Churrasco na Vala, no charmoso Hotel Parador Casa da Montanha;

  • Hospedagem de sábado na Pousada do Engenho em “São Chico”;

  • Domingo: Café da manhã, passeio em São Francisco e volta;

Nós já tínhamos ouvido falar, através de amigos, sobre a Pousada Jardim Secreto de Gramado. Ela figura como número 1 de 80 pousadas em Gramado pelo site Trip Advisor. E é só ler os primeiros comentários e fotos para notar que lá já existe algo de diferente, ao ver fotos no instagram e outras redes sociais, já sentimos uma espécie de mística com relação ao local. Exatamente a atmosfera que estávamos buscando.

Chegamos e já fomos muito bem recebidos pela equipe. O local fica bem próximo do centro, com fácil acesso tanto para quem vem de Porto Alegre quanto de Caxias do Sul. Nós vínhamos de Porto Alegre (2h de carro de Gramado). Logo na chegada da pousada avistamos uma simpática coleção de regadores, chá de maçã quentinho com bolinhos e biscoitos ajudando a dar as boas vindas.

Escolhemos a Suíte do Jardim, única que ainda estava disponível. Linda e muito confortável! Por pensarmos que a pousada estava em 1oº lugar nos sites, dá a impressão que as diárias serão muito caras. Porém, para nossa grata surpresa os valores não assustaram, ficando em torno de R$500 a diária (na melhor suíte, em alta temporada). Banho maravilhoso, roupas de cama de algodão egípcio de altíssima qualidade e ambientes muito especiais, num estilo rústico chique.

Depois de nos acomodarmos, começamos a escolher onde iríamos jantar. A idéia era fondue, mas como já conhecíamos grande parte dos fondues da região, resolvemos seguir a dica de um amigo que recomendou o restaurante Bouquet Garni, que fica praticamente ao lado da pousada e tem uma vista linda para o Lago Joaquina Rita Bier, local onde acontecem shows do Natal Luz no final do ano.

Eles possuem a sequência de fondue normal e também uma sequência exótica, que inclui cortes de javali, pato e coelho. Optamos pela segunda opção para conhecer. O primeiro fondue servido é o de queijo e estava maravilhoso. Foi harmonizado com vinho branco na faixa de R$100.

O fondue de carnes exóticas também estava maravilhoso, com todas as carnes aparentando estarem muito frescas e os molhos que acompanham também muito saborosos. Foi harmonizado com vinho tinto malbec argentino, na faixa de R$150. Já na hora do fondue de chocolate havíamos comido tanto que quase não havia mais espaço! O total da conta ficou em torno de R$450. Como nossa proposta era um final de semana de charme, valeu a pena.

No outro dia, pela manhã, acabamos acordando um pouco tarde, mas nunca tarde demais para deixar de conhecer o café da manhã, que no caso da Jardim Secreto é uma atração a parte. Geleias produzidas pela pousada com frutas orgânicas, variedade grande de pães: tudo em mini-porções, muito delicadas e cuidadosamente dispostas no buffet.

Tomamos café, conhecemos o jardim com suas diversas flores, frutíferas e caminhos. Há um contraste interessante em estar praticamente no centro e ter um jardim tão lindo, e pelo que conversamos, a idéia do local é continuar conservando isso, construindo no máximo mais 5 unidades, todas tematizadas e com alto conforto – não vemos a hora de conhecer essas novas unidades!

Organizamos nossas coisas e seguimos viagem em direção a São Francisco de Paula. Após passar o centro de Gramado, andar 7km até Canela, passando pelo seu centro, entra-se em uma estrada muito agradável com paisagens lindas dos “Campos de Cima da Serra”. Na ocasião, vimos algumas queimadas, que danificam um pouco a paisagem, porém é uma prática antiga que todos os anos é realizada em algumas fazendas da região.

Uma hora de viagem e já nos encontrávamos próximos a Cambará do Sul, cidade onde ficam os Canyons. Já eram 13h30min e o tempo estava fechando. Com o tempo fechado a visibilidade do canyon fica comprometida e por isso é sempre recomendado sair mais cedo. O tempo normalmente fecha após o meio dia, comprometendo o passeio.

Pouco antes das 14h passamos pela frente da entrada do hotel Parador Casa da Montanha, no caminho para o canyon, e resolvemos parar e perguntar até que horas funcionava o almoço pois tanto em Gramado quanto Canela, os melhores restaurantes costumam encerrar o horário de almoço as 15h, retornando as 19h para jantar, o que nos deixou apreensivos se daria tempo de fazer a trilha e voltar para comer. O atendente perguntou se tínhamos reserva e nós respondemos que não havíamos feito. Ele então nos encaminhou até a recepção. Chegando na recepção nos foi informado que realmente todos os lugares estavam ocupados e não poderíamos almoçar. Além disso nos foi informado que o Canyon já estava sem visibilidade. Tristeza total.

O lugar é tão charmoso e agradável, que mesmo sem poder almoçar resolvemos pedir um vinho e curtir a paisagem, ver os gaúchos preparando o churrasco na vala, casais e famílias aproveitando a paz, tranquilidade e conforto do lugar.

O local possui uma carta de vinhos ampla. Resolvemos escolher um argentino Luiggi Bosca Malbec (R$200). Uma taça, duas taças… muitas fotos, conversas e caminhadas para explorar o lugar. Já havíamos desistido de ir para o canyon nessa hora, pois a menor trilha leva pelo menos 1h e 30min. Estávamos curtindo nosso vinho e conversando quando, para nossa alegria, nos informaram que poderiam nos atender para o almoço! Para comemorar, decidimos pedir uma segunda garrafa de vinho e degustar o famoso e incontestável costelão gaúcho: no fogo desde as 7h30min da manhã. O buffet de saladas possui, além de saladas, batatas, feijão, arroz, abóbora caramelizada, entre outros ítens do dia, todos típicos gaúcho dos campos de cima da serra. Tudo muito saboroso, principalmente o costelão.

O clima do lugar é muito descontraído, pudemos conhecer alguns casais e famílias que estavam hospedados lá em um clima de relaxamento e felicidade, mesmo com o tempo fechando. Após algum tempo conhecendo outras partes da sede, resolvemos voltar, pois ainda queríamos chegar durante o dia na Pousada do Engenho, em São Francisco de Paula. Voltamos pela mesma estrada por mais aprox. 1h e 30min de viagem e chegamos na pousada. Fomos levados diretamente até o quarto (sem necessidade de check-in, que já havia sido previamente realizado pela internet ou pode ser feito no outro dia durante o café da manhã), o que traz um certo conforto.

A cabana que ficamos é a 11.

Um luxo só. No meio da natureza, uma casa no estilo de montanha, toda de madeiras roliças que guarda dentro de si um conforto inimaginável. Desde o acendimento das luzes, que acendem lentamente, o capricho e bom gosto na escolha dos móveis e tapetes, além de ítens de tecnologia como controle central da iluminação e temperatura e um home theater, onde pode-se ligar seu iPhone no volume máximo sem atrapalhar os outros hóspedes.

Tudo é perfeito, muito bem pensado e planejado. A jacuzzi no banheiro é grande e tem vista para a mata. Até a mini-dispensa é charmosa. A lareira foi facilmente acendida e aqueceu rapidamente o lugar que já estava quente. O jantar é no local mesmo e deve ser solicitado até as 18h30min. Pode-se optar por receber no quarto ou ir até o restaurante da pousada. Como estávamos cansados e queríamos aproveitar mais o conforto de nossa cabana, resolvemos jantar no quarto. Pedimos dois pratos: Um filé com gorgonzola, e um Arroz Thay com camarões – as duas sugestões da noite. Ambos estavam magníficos, muito bem preparados e saborosos, acompanhados de um vinho argentino Séptima Gran Reserva Malbec (que havíamos levado) especialmente para essa noite. A diária ficou em aprox. R$1.000,00 + R$150 do jantar.

No outro dia pela manhã, mais uma vez, acordamos tarde e fomos tomar café as 10h30min. O café é muito bem elaborado e alguns ítens podem ser solicitados na mesa como ovos mexidos, tapioca salgada ou doce e omelete. O clima é ótimo e o café tem vista para o jardim.

Após o café começamos a preparar nossas coisas para sair. Na saída, um delicioso passeio no Lago São Bernardo, onde pode-se alimentar algumas aves com pacotinhos de milho que a pousada oferece gratuitamente.

Em resumo: um passeio incrível, por lugares onde nunca imaginaríamos encontrar tamanho conforto. Lugares cravados em paraísos naturais, com todo cuidado e respeito ao meio ambiente, e ao mesmo tempo muito conforto e charme, além de atendimentos exemplares.

Portanto, fica aqui nossa sugestão de, possivelmente, uma das escapadas mais encantadoras do RS!

– Sexta Feira: Chegada na Pousada Jardim Secreto Gramado a tarde + Passeio no Centro + Fondue Exótico no Bouquet Garni;

– Sábado saída 9h em direção a Cambará: trilha no Canyon. Deixar reservado almoço no Parador Casa da Montanha;

– Sábado 14h: Almoço no Parador Casa da Montanha;

– Sábado a noite: Hospedagem na Pousada do Engenho e jantar na cabana;

– Domingo: Volta;

Gostou?! Marque seu noivo, noiva, namorado, namorada, marido, esposa… compartilhe essa experiência com quem você ama.

1 view

CONTATO

Tel: (54) 981642110

Rua F.G. Bier, 110. Gramado - RS.

WhatsApp: (54)  981642110

© Desde 2010 atendendo com           Pousada Jardim Secreto Gramado

  • Black TripAdvisor Icon
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon